sábado, 20 de fevereiro de 2010

CESPE - EMBASA (2009)

Antes de começar, baixe a prova aqui: http://cid-80364a79c52d1421.skydrive.live.com/self.aspx/P%C3%BAblico/Portugu%C3%AAs/Provas/CESPE%20-%20Embasa2010.pdf

Atenção!! Essa foi uma prova que exigiu uma interpretação de texto vinculada a conceitos de gramática. Devemos ter o máximo de cuidado na hora de resolvê-la.

1. MUITA ATENÇÃO! A presença de hidrogênio na lua é um fato. (ERRADO)

2. Em nenhum momento o texto critica o resultado de alguma pesquisa. Na verdade, o texto nem fala em pesquisa. A ideia central é explicar a presença de hidrogênio na lua, como ele chegou lá. (ERRADO)

3. MUITA ATENÇÃO! Qual a regência do verbo acostumar-se? Quem se acostuma, se acostuma com alguém ou a alguém. Portanto, a reescrita deveria ser: "é um astro diferente do astro com que a humanidade estava acostumada". Falta a presença da preposição no item. (ERRADO)

4. O verbo haver no sentido de existir, ocorrer, acontecer é impessoal. APENAS NESTES SENTIDOS!! No item, o verbo haver está em outro sentido, portanto deve concordar com o sujeito (provas concretas) em número e pessoa. (CERTO)

5. Mantém a correção porque "apresentam" é 3ª pessoa do plural e "têm" também é 3ª pessoa do plural. Aqui, O verbo TER + PARTICÍPIO DO VERBO PRINCIPAL denotam um fato acabado, repetido ou contínuo (CELSO CUNHA). (CERTO)

6. Não estamos falando de água lunar, de outro tipo de água. Estamos falando de água encontrada na lua. O termo "na lua" é adjunto adverbial de lugar e "lunar" é adjunto adnominal. (ERRADO)

7. Observem o seguinte trecho: "...hoje amplamente aceito pela ciência". Veja que este trecho não diz a mesma coisa que este: "amplamente aceito pela ciência atual". (ERRADO)

8. MUITA ATENÇÃO! Chegar ao satélite por meio dos ventos não significa que a água chegou a bordo dos ventos. Pode ter chegado a bordo de outra coisa e empurrada pelos ventos. Assim, chegaria por meio dos ventos, mas não a bordo deles. O mesmo entendimento deve ser aplicado no trecho com a expressão "por intermédio". (ERRADO)

9. O aposto é um termo de caráter nominal que se junta a um substantivo, a um pronome, ou a um equivalente destes, a título de explicação ou de apreciação. O aposto deve vir entre vírgulas. Veja a matéria sobre pontuação aqui: http://portuguesnaveia.blogspot.com/2008/11/pontuao.html. Veja que "tempestades de partículas constantemente liberadas pelo sol" é um aposto porque explica os "ventos solares". (CERTO)

10. No final do texto, quando ele conclui (Por fim,...) falando que "há a possibilidade" (verbo haver no sentido de existir, "existe a possibilidade"), espera-se que ela seja citada em seguida. É o que acontece. Assim, a palavra "possibilidade" remete à quarta hipótese. (CERTO)

11. Neste item, a ideia central do texto, no primeiro período, é reforçada por argumentos nos outros períodos. Argumentos que reforçam a grandeza da Amazônia. Esta ideia não é explicitada como argumentação secundária. (ERRADO)

12. No texto original, fica claro o que o Tâmisa faz: Leva um ano para LANÇAR a mesma quantidade de água que o rio Amazonas leva um dia. No texto reescrito, não fica claro o papel do Tâmisa além de ter uma preposição solta. O Tâmisa leva um ano para quê? Que verbo pede a preposição "em"? Para que o período continue sem prejuízo da correção gramatical, é necessário também que se mantenha no texto o tempo que o rio Amazonas leva para despejar no mar a mesma quantidade que o Tâmisa leva um ano. Os termos de natureza acessória são: adjunto adnominal, adjunto adverbial, aposto e vocativo. (ERRADO)

13. Neste deslocamento, o sentido do texto fica alterado. Com o deslocamento, entende-se que o rio Amazonas é o maior do mundo em um único dia. O que não é verdade. Nos outros dias não seria? (ERRADO)

14. MUITA ATENÇÃO! No período, quando se diz "...pessoas que enfretaram..." significa que nem todas as pessoas enfretaram, pois a oração começada pelo pronome relativo "que" é uma oração subordinada adjetiva restritiva. Na sua reescrita, quando se diz "...25 milhões de brasileiros, que enfretaram..." significa que todos enfretaram, pois a oração começada pelo pronome relativo é uma oração subordinada adjetiva explicativa. (ERRADO)

15. Ratificar = confirmar. A iniciativa de 25 milhôes de brasileiros não confirma a fato mostrado no item porque o texto não cita nada a esse respeito. O texto fala em reconhecimento de sua grandeza sem citar outros detalhes. Isso não significa reconhecimento político e social. (ERRADO)